Trade Blog

E afinal, o que é Gamificação?

E afinal, o que é Gamificação?

Ao longo do nosso desenvolvimento pessoal, somos motivados a passar por uma série de eventos que moldam nossa psique e transformam a maneira como encaramos as adversidades do dia a dia. Na nossa primeira infância somos acometidos por uma série de novidades, que fazem com que nossos dias se pareçam muito mais longos do que as vãs 24 horas do relógio cuco na parede da sala.


gamificacao2


Essas novidades fizeram com que possamos perceber as maravilhas de um mundo ainda desconhecido, e nestes eventos, passagens e aprendizados passam a marcar nosso inconsciente até o final dos nossos dias.

Quero que você foque em alguma destas memórias longínquas de aprendizados comuns, e tente perceber como foi lhe comunicado este processo.

Lembrou?

Agora veja que a sua curiosidade (e seus porquês incessantes), somadas a sua falta de repertório de mundo, fizeram que os atores de sua memória tivessem que utilizar de comunicação lúdica para ilustrar o seu pensamento a ponto de te gerar um entendimento sobre o tema em questão.

Nesse momento, uma comunicação objetiva e direta não te geraria uma compreensão e, tampouco, aderência ao tema. O ponto central de quando falamos de Gamificação é justamente este: comunicação lúdica e indireta. A eficácia deste processo na nossa mente data destes tempos iniciais. Fazem parte das nossas mais profundas, vivas e felizes lembranças gravadas em nosso inconsciente.


gamificacao3


Outro fator importante é a nossa vontade de não apenas de atingir um objetivo, mas a forma como fizemos para superá-lo. Esta sensação de prazer causada pela vitória após um grande esforço é o segundo grande ingrediente do processo de gamification.

Os jogos offline e online, que desfrutamos em nossa infância nos geraram preceitos claros de limites e regras, coletividade, desafio, learnings e dopamina (sim! dopamina) em nossas correntes sanguíneas.

Em um jogo, nós buscamos o atingir de forma voluntária um objetivo claro através de um conjunto de regras estabelecidas. O que de certa forma nivela e gera um senso de justiça na comparação entre os resultados dos participantes.

A melhor definição sobre o que é um jogo para mim vem do artigo "What is a game" de Bernard Suits, onde ele denota que "jogar é uma tentativa voluntária de superar obstáculos desnecessários".

Para contextualizar a frase de Suits, te provoco a analisar: o que é o futebol? Em resumo, é um jogo onde quem colocar a bola dentro do gol mais vezes vence. Simples. Mas é só isso? Não! Como todo bom jogo existe o objetivo (colocar a bola dentro do gol), porém as regras são os tais obstáculos desnecessários, ou seja, que criam um grau de dificuldade como: a bola tem que ser tocada com o pé, se sair de algumas linhas o time adversário recebe a posse, tocar com a bola na mão para um jogador de linha não é admitido, e assim por diante. E é o fato de vencer sobre tais adversidades que fazem com que o gosto da vitória seja imensamente diferente do que simplesmente colocar a bola com a mão dentro do gol.


gamificacao4


Nesse contexto as regras existem, como já explorei até aqui, para nivelar (criando senso de justiça) e gerar obstáculos para os objetivos. Mas outro fator decorrente das metas é a garantia de feedback constante. Ou seja, é possível verificar a eficiência das ações através dos limites das regras e de seus resultados obtidos. A sensação de progresso fica mais evidente por meio de pontos, níveis, placares ou barra de progresso.

Além disso, ao se colocar obstáculos no caminho, você retira a possibilidade do jogador seguir uma trilha óbvia, exigindo criatividade e pensamento estratégico para a solução dos problemas, o que gera a exploração de novas possibilidades para alcançar os resultados.

Resumindo: se você provocar a sua equipe ao atingir os resultados de maneira não linear ou ortodoxa, com regras claras e factíveis, gerando atratividade e participação voluntária e com feedbacks constantes sobre o seu progresso, você estará guiando o seu time ao cumprimento dos seus objetivos de maneira lúdica e poderosa.

Você estará usando na prática o conceito de Gamificação.


Let's Play?

Publicado por T2B, dia 13 Set 2019

Ficou com alguma dúvida?

Fale Conosco
Estratégia